O orçamento na vida da sua empresa.

A previsão das despesas e receitas futuras não precisa se tornar um momento de magia e ocultismo, mas sim de contato com a realidade da sua empresa, através dos controles e ajustes financeiros, que atendam as necessidades comerciais do negócio, em um determinado período.

A decisão de comprar a vista, com desconto, ou a prazo sem qualquer redução, pode ser apoiada pela análise do orçamento e suas próprias imposições de limites de desembolso dos meses futuros.

Puxe seu netbook para mais perto.

Vamos conversar sobre o assunto.

Dentre as diversas tarefas, a mais importante, é a de promover os controles financeiros ao nível de máxima importância empresarial, portanto, para esta finalidade, todos na organização devem estar incumbidos na preservação da qualidade, exatidão e cumprimento dos prazos dos dados coletados.

Mas somente isto não basta, é necessário estar acompanhando diariamente os lançamentos das despesas e receitas no fluxo de caixa, planilha geradora e orientadora das informações para o orçamento empresarial.

Para iniciar o processo orçamentário a gestão deve determinar seus objetivos comerciais, desde a inserção em novos mercados, a prospecção de fornecedores, até o gerenciamento analítico dos clientes, como também a previsão dos custos fixos e variáveis, e da evolução do faturamento no período.

Atualmente, em função da intensa oscilação das variáveis que compõem um planejamento orçamentário, a previsão para seis meses é a mais coerente a ser realizada.

É importante que os parâmetros que perfazem o orçamento sejam calculados a partir dos objetivos propostos, e não apenas relativos ao desempenho atual do fluxo de caixa.

A elaboração do plano orçamentário deve seguir os seguintes pontos fundamentais:

  • Aceitação das diretrizes do plano orçamentário, pelos diretores ou proprietários da empresa.
  • Participação de todos os empregados na elaboração e disponibilização dos dados empresariais.
  • Controles empresariais atualizados e com excelente qualidade e confiabilidade.
  • Sistema de informática integrado e disponível para a estruturação do plano.
  • Definição conjunta para a escolha do cenário comercial futuro, que irá definir os objetivos da empresa.

Após passar por estes pontos, o plano orçamentário pode seguir seu curso, estabelecendo o Tempo Zero, ou seja, a inclusão das informações de partida para a execução do plano orçamentário.

De posse dos dados de vendas, custos variáveis (produção), dos custos fixos, do DRE (demonstrativo de resultados do exercício), do capital disponível e da movimentação de caixa, as táticas operacionais devem ser implantadas para a execução do Plano Orçamentário, de acordo com as previsões definidas em função do cenário escolhido.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s