Quem vence a batalha, o Livro Impresso ou o Livro Digital?

Um produto de velho e cansado de 555 anos no mercado contra um jovem, cheio de vida de 39 anos, isto parece injusto, mas para qual deles?

Alguns vão dizer que quanto mais velho mais experiente, porém mais lento em seus movimentos.

O jovem apesar de toda a vitalidade peca no atrevimento e na pouca visão do comportamento do mundo consumidor.

De uma coisa podemos ter absoluta certeza, esta batalha será eletrizante em cada instante de luta entre os oponentes, mas o seu fim, além distante, também é imprevisível.

Puxe seu Netbook para mais perto.

Vamos conversar um pouco sobre este assunto, que será, com certeza, intrigante.

No campo de batalha, ainda na aurora do século XXI, os dois iniciaram um embate épico, que em algum lugar do espaço futuro, um deles irá conquistar a vitória e o sonhado mercado, e o outro ficará apenas na lembrança da história, como um perseverante lutador, mas será o perdedor, um produto disputado por colecionadores.

Enquanto o livro impresso continua na sua metamorfose cultural carregar ilusões e informações, se espalha pelo mundo, a cada dia que passa mais epidêmica, se espalhando por entre as mais diversas línguas, gêneros e formas, o novato consegue apenas cobrir um pequeno, mas vistoso lugar nas colinas mais ricas.

O livro digital tem ao seu lado um forte e entusiasmado exército de jovens, cansados de carregar pesados e desinteressantes blocos de papéis em forma de brochura, porém estão em êxtase de ter em suas mãos um visualizador digital, com o peso de um pouco mais de meio quilo, capaz de transportar centenas, milhares de arquivos de informações digitais.

Os aliados do livro impresso, soldados mais maduros, calejados, porém sedentos pela necessidade de aguçar ainda mais suas imaginações, estão armados, entrincheirados em suas bibliotecas, a espera do inimigo, e podem nem perceberem os acontecimentos e resultados, de vitória ou derrota.

A possibilidade de evoluir, acompanhando a tenacidade das tecnologias da informação e comunicação, faz do livro digital um forte adversário, talvez mais fatal e terrível do que as ações dos inúmeros ditadores ignorantes, que ao longo dos séculos, queimarão e destruíram milhões de exemplares de livros, na esperança sórdida de punir as pessoas que desejam conhecimento e cultura, mas que, felizmente, sempre acabou prostrada pela necessidade de evolução da humanidade.

Os livros impressos ainda têm toda a força da sua indústria bélica, constituída e fortalecida por mais de cinco séculos de batalhas, algumas perdidas, mas um sem número de vitórias, com o apoio incondicional, desde os milhões de autores, até as centenas de milhões de trabalhadores nas indústrias de celulose, gráficas e editoras, todos prontos para defenderem até a morte o adorado ídolo, de qualquer inimigo, como sempre fizeram.

Mas, como sempre, existem milhões de quintas colunas infiltrados, que irão defender o lado que mais favoreça seus interesses financeiros e provocar rupturas nas estruturas já desgastadas pelo tempo.

Por outro lado o livro di, com toda a força e determinação para as batalhas, o livro digital, na verdade, não deseja o conflito com o seu adversário impresso, na verdade não está nem se incomodando com a sua presença, somente deseja o seu espaço, e para isto, irá usar de todas as forças e recursos inovadores disponíveis, mesmo que alguns problemas de logística e de dependência dos recursos tecnológicos que estão ainda em desenvolvimento científico, possam dificultar o seu avanço mundo afora, para conquistar o maior número possível de seguidores no mercado.

A estratégia de ter a prontidão para o combate, a qualquer hora e lugar, faz do livro digital um exército onipresente, capaz de atacar por diversos flancos ao mesmo tempo, com a mesma força e intensidade, o que dificulta as táticas de defesa conservadoras do livro impresso.

Assim será esta guerra por espaço no mercado, repleta de riscos e oportunidades para os dois lados, mas no final os vitoriosos serão os consumidores do conhecimento, eu, você e a cultura adquirida pela humanidade, não importando o lado escolhido.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s