Os custos, os preços e a pressão do mercado.

Após alguns meses coletando, tabulando, ajustando e analisando os controles financeiros da empresa, desde os custos dos produtos e serviços, até os custos fixos, e ainda, as informações mensais, como o faturamento, os impostos e as comissões, tudo realizado com o comprometimento dos colaboradores em manter a qualidade das informações.

Assim, foi possível conhecer os resultados da empresa e ainda formar os preços de venda, adequados à realidade, através de um índice de comercialização calculado e não mais utilizar um multiplicador mágico qualquer.

Puxe seu Notebook para mais perto.

Vamos conversar sobre o assunto.

Formar os preços de venda para os produtos e serviços é um passo fundamental para o sucesso do seu relacionamento com o mercado.

Após a análise das informações internas da empresa, o segundo passo é o da interação com o mercado, reconhecer os desejos dos clientes, e saber interpretá-los para se posicionar adequadamente em relação aos fornecedores e consumidores e quanto ele quer pagar por isto.

Um erro comum na formação dos preços é seguir cegamente os concorrentes, o que pode significar prejuízos para a empresa de diversas formas, afetando desde a imagem do negócio, até a sua situação financeira e comercial.

Como aprender e tirar proveito da pressão e das solicitações dos clientes?

Estar atento as suas necessidades e prioridades ajuda muito, mas atualmente não é mais suficiente, a estratégia precisa ser mais agressiva, é preciso surpreendê-lo com novos e atraentes produtos e serviços, desde que os preços acompanhem a mesma idéia.

Para isto são necessárias algumas táticas:

  1. Calcular o custo alvo, ou o custo correspondente ao preço desejado pelo cliente. Exemplo: Preço desejado R$ 100,00, o índice de comercialização da empresa (multiplicador) é 1,7544, portanto R$100,00/1,7544 = R$57,00 este é o preço máximo a ser paga para o produto junto aos fornecedores.
  2. Negociar com fornecedores os melhores preços e condições de pagamentos.
  3. Adequar os custos fixos à realidade da empresa.
  4. Formar o preço de venda através de um índice de comercialização calculado e analisado.

Oferecer produtos e serviços novos será sempre uma boa válvula de escape da pressão exercida pelos clientes, principalmente com a adição de um preço desejado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s