Informações para o Plano de Negócios.

Segundo vários especialistas as chances de sucesso de um empreendimento aumentam quando existe um plano estratégico de negócios, assim, como usá-lo corretamente?

Puxe seu Netbook para mais perto.

Vamos conversar sobre o assunto.

Primeiramente vamos pensar em elaborar o plano de negócios, para em um segundo estágio aplicar as estratégias para sua implementação, que é a abertura da empresa e seu desenvolvimento no mercado.

Podemos estruturar o plano de negócios em três bases: a apresentação do negócio, a análise de viabilidade mercadológica e a análise de viabilidade financeira.

Apresentação do negócio:

Objetivos: explicação sobre suas intenções com a comercialização dos produtos e serviços, em relação ao mercado e a sua própria vida.

Foco: determinação dos grupos de produtos e serviços que serão oferecidos aos clientes.

Análise de viabilidade mercadológica

Característica da empresa – como vai se apresentar a empresa ao mercado.

A idéia dos produtos e serviços – explicação sobre o que será oferecido ao mercado consumidor.

Diferencial Competitivo – o que existirá de realmente diferente na empresa, não são considerados diferenciais os preços, qualidade e atendimento.

Oportunidades e ameaças – apresentação das brechas deixadas pelos concorrentes no mercado e sua força para utilizar estes espaços.

Pontos fortes e fracos – o que você tem de conhecimento que pode ser utilizado sobre a ignorância do mercado concorrente.

O mercado – apresentar quem são os fornecedores, consumidores e concorrentes.

Ações mercadológicas – a utilização do conhecimento das necessidades dos clientes para a adequação de seus produtos e serviços, e sua aproximação e o fortalecimento das vendas.

Cadeia de suprimentos – explicar os processos de compra, estocagem, expedição e pós-venda.

Gestores e empregados – quem serão as pessoas que irá viabilizar todo este plano de ação mercadológica.

Análise de viabilidade financeira

Investimento inicial – qual serão os valores totais gasto com o imobilizado, reformas, treinamento da equipe e o estoque inicial.

Custos dos produtos e serviços – apresentação dos custos em detalhes se for o caso, através de uma ficha técnica.

Quantidades de venda – quantidade estimada de vendas, que poderá sofrer ajuste no plano estratégico.

Preços de venda – utilização da precificação para formar os preços de venda.

Faturamento – calcular o valor estimado para no mínimo 18 meses, para assim contemplar a maior parte das sazonalidades do negócio.

Fluxo de caixa – informar a origem e a utilização dos recursos financeiros.

Lucro operacional e líquido – calcular, através do DRE – demonstrativo de resultados os valores.

Lucratividade – calcular a lucratividade ao longo de pelo menos 18 meses.

Rentabilidade – definir o percentual com base no DRE apresentado.

Prazo de retorno do investimento – apresentar a quantidade de meses ou anos, através dos valores obtidos no DRE.

Implementação das Estratégias

Plano estratégico de viabilidade mercadológica – as ações e diagnósticos de mercado e ajustes necessários na estrutura da empresa.

Plano estratégico de viabilidade financeira – simulações nos diversos valores e quantidades apresentados, para chegar à viabilidade desejada.

Conclusão – plano de ação para a abertura da empresa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s