A precificação no universo das empresas de TIC

A metodologia da Precificação para empresa de Tecnologia.

 Elaborar os custos e formar os preços de venda de serviços e produtos das mais diversas tecnologias da informação e comunicação é um desafio, que pode ser compensado por bons resultados ou se tornar o motivo de um grande desastre empresarial.

 A constituição dos preços de venda passa por algumas fases.

  1. Treinamento dos envolvidos e responsáveis pelos custos e preços.
  2. Padronização e definição de processos operacionais e funcionais, dirigidos aos preços de venda.
  3. Educação e cultura de resultados, para a coleta de dados financeiros, na empresa e fora dela.
  4. Aplicação dos conceitos e fórmulas para a correta elaboração dos custos e a formação dos preços de venda.
  5. Visão de mercado para a realização da precificação, ou ajuste à realidade da empresa e dos mercados (fornecedor, consumidor e concorrente).

 Existe, portanto, um longo caminho, de controles administrativos e financeiros, e evidentemente de comprometimento com a gestão do negócio, para alcançar as informações corretas que alimentam o complexo sistema de precificação.

Ter a certeza de que os preços praticados cobrem os custos e ainda proporcionam um lucro operacional satisfatório, representa as batalhas que precisão ser ganhas, no dia a dia dos gestores de custos e preços, pois sempre existirão inimigos, com estratégias revolucionárias, para o início de novas guerras. 

 O mundo das tecnologias da informação e comunicação tem a obrigação, imposta por ele mesmo, de estar criando e adequando seus produtos e serviços permanentemente, o que causa a insegurança na elaboração dos custos, muitos deles, ainda desconhecidos.

Mas, o mercado não oferece o luxo da espera por estudos aprimorados, o que pode resultar em erros estratégicos e prejuízos financeiros e de imagem. 

 A precificação pode ser resumida como uma arma, que a cada nova necessidade pode ser adequada a diferentes situações mercadológicas, sejam elas impostas por crises globais, regionais ou mesmo de conquista de mercados.

Esta arma, como qualquer outra, precisa de responsabilidade com o negócio, cuidados operacionais e funcionais, técnicas de utilização e é claro de munição, muita munição.

A provisão desta munição é realizada pela constante geração de informações, internas e externas ao negócio, como a confiabilidade da análise do Demonstrativo de Resultados do Exercício – DRE, na administração da logística dos produtos e serviços, nos resultados dos Fluxos de Caixas, na gestão do Capital de Giro, e nos diversos aspectos da comercialização.

Alguns pontos vulneráveis à organização sejam eles de forma parcial ou total, como o desconhecimento da representação do valor econômico de cada um dos produtos e serviços, o custo alvo em relação aos preços praticados pelos concorrentes, ou até mesmo, infelizmente em muitos casos, a despreocupação com a realidade dos custos fixos e dos custos diretos na empresa.

 A precificação é um instrumento de acomodação dos custos e preços de venda à realidade momentânea do mercado, reduzindo os riscos em relação ao relacionamento com os diversos produtos e serviços, nas atividades empresariais de tecnologia da informação e comunicação.

Assim, a atualização das informações é fundamental para o sucesso do seu uso, além da necessidade de estar constantemente aprendendo com os acertos e erros da metodologia.

 Jorge Luiz da Rocha Pereira

 e-mail: jorgementor@uol.com.br

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s