Copa do mundo de futebol e oportunidades de negócios

Chegue mais perto, vamos conversar um pouco.

Trocar conhecimentos.

A partir de 15 de junho deste ano a seleção brasileira de futebol inicia mais uma jornada em busca do hexacampeonato, precisamente as 15h30, horário de Brasília, e paralelamente a este evento surgem diversas oportunidades de negócios.

Portanto, até o início da Copa muitos empreendedores estarão dedicando horas e mais horas em estudos e análises de negócios, na esperança de elaborar um produto ou um serviço altamente lucrativo, destinado ao público que irá assistir aos jogos aqui mesmo no Brasil.

A transmissão está aberta para todos os interessados, a Rede Globo e a FIFA, liberaram o sinal para bares, ginásios, telões em parques, desde que não se cobre nada dos torcedores para assistirem aos jogos da seleção.

Assim, as oportunidades para a comercialização de bebidas e alimentos, passam a ser o objetivo de muitos empresários e empreendedores.

As camisas amarelas e azuis também ganham o mercado, mas é bom lembrar que estaremos no inverno, assim, jaquetas, cachecóis e até cobertores patrióticos podem ser muito bem aceitos pelos torcedores.

Instrumentos de percussão, sopro e outros, também entram no rol do interesse popular pelo futebol, mais uma leva que surge de empreendimentos.

Serviços de entregas a domicílio, como: de bebidas, comidas, produtos farmacêuticos, disjuntores, cabos eletrônicos, extensão elétrica, tomadas, serviços de conserto de televisores, antenas de recepção de sinal por satélite e outros voltados a atender o torcedor desesperado em casa ou no trabalho, com algum aparelho que não funcione no dia do jogo.

Para resumir, qualquer coisa que possibilite ao brasileiro de ver e ouvir os jogos e que lembre as cores da bandeira e o futebol do país, podem se tornar um sucesso de vendas nesta época.

O que não pode ser esquecido é gestão das oportunidades, afinal os passos básicos para o sucesso de um negócio iniciam na análise do mercado a que se destina o produto ou serviço, na elaboração dos custos de forma correta e a formação do preço de venda, como também o cálculo do ponto de equilíbrio que além do faturamento mínimo para cobrir os custos, possibilita reconhecer qual a quantidade necessária de vendas.

Isto tudo precisa acontecer com antecedência ao evento, de tal forma que o negócio esteja preparado para a obtenção do lucro desejado, pois, na verdade, todo o esforço operacional e financeiro está direcionado para este objetivo.

Afinal, os brasileiros, inclusive você, estarão por 90 minutos mais interessados nas imagens vindas da África do Sul, do que na margem de lucro, e os chutes, deixe apenas para os jogadores em campo.

 Jorge Luiz da Rocha Pereira

e-mail: jorgementor@uol.com.br

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s